Travessia foi interditada em fevereiro por causa de problemas estruturais. Melhorias devem ser concluídas em 30 dias, segundo a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto).

Equipes da Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto) iniciaram as obras de melhorias na ponte sobre o rio Tocantins na TO-255, em Porto Nacional, na região central do estado. A travessia no local está interditada para carros e caminhões desde fevereiro. Segundo o governo, a estrutura deve ser liberada para veículos leves dentro de 30 dias.

As obras começaram nessa segunda-feira (6) com a remoção do concreto danificado na pista. Conforme a Ageto, outra equipe começou a reconstruir tampas de concreto e fez uma limpeza interna na estrutura. Além disso, o piso das passarelas de pedestre também está recebendo novos blocos de concreto.

O governo do estado informou os recursos para a obra virão do Tesouro Estadual, mas ainda não divulgou o valor. Ainda conforme a administração pública, a reforma não vai atrapalhar o projeto de construção de uma nova estrutura, que ainda depende da liberação de recursos.

A reforma também deve contemplar a reestruturação e impermeabilização do pavimento, substituição das juntas de dilatação, revitalização da iluminação e sinalização. Assim como a construção de pórticos para restringir o acesso de alguns veículos e instalação de radares.

Passarelas terão piso trocado — Foto: DivulgaçãoPassarelas terão piso trocado — Foto: Divulgação

Passarelas terão piso trocado — Foto: Divulgação

Entenda

A ponte sobre o rio Tocantins, na TO-255, em Porto Nacional, tem deixado os motoristas com medo da travessia há anos. A obra tem mais de 40 anos e por causa da falta de manutenção chegou a ter o tráfego de caminhões reduzido. A estrutura apresenta rachaduras e dilatações, entre outros problemas.

A travessia foi totalmente interditada para veículos de grande porte em fevereiro deste ano. Desde então, apenas motos e pedestres podem passar. Os demais veículos estão fazendo a travessia por meio de balsas.

Só que o fechamento da ponte também tem causado outros reflexos na cidade. Segundo a associação comercial, as vendas caíram quase 50% nos últimos meses. Algumas empresas fecharam e outras precisaram demitir funcionários.

Enquanto isso, os moradores ainda aguardam o resultado dos laudos sobre a real situação da ponte. O governo afirma que os primeiros resultados das perícias realizadas na estrutura devem ser divulgados a partir de junho.

Ponte sobre o rio Tocantins assusta motoristas — Foto: Adrmir dos Anjos/DivulgaçãoPonte sobre o rio Tocantins assusta motoristas — Foto: Adrmir dos Anjos/Divulgação

Ponte sobre o rio Tocantins assusta motoristas — Foto: Adrmir dos Anjos/Divulgação

Veja mais notícias da região no G1 Tocantins.


Compartilhar:

Deixe seus Comentario