Vacinação contra raiva em cães e gatos passa a ser agendada previamente na Capital

0
7

Para evitar desperdícios, a Unidade de Vigilância e Controle de Zoonoses de Palmas (UVCZ) adotou ação estratégica para o atendimento de tutores que desejam vacinar cães e gatos contra a raiva. A partir da próxima quarta-feira, 15, a vacinação ocorrerá após agendamento prévio feito em formulário online.

A vacinação contra raiva em cães e gatos ocorre durante todo o ano por demanda espontânea na unidade. O imunizante oferecido pela UVCZ é apresentado de forma líquida, em frasco de 25 doses. Após a abertura, é recomendado que a vacina seja utilizada por um período máximo de 24 horas, situação que exige que 25 animais sejam vacinados durante o período de utilização do imunobiológico.

No formulário, que pode ser acessado no endereço eletrônico, o tutor deve informar nome, endereço, telefone para contato, e-mail, espécie (se é cão ou gato) e quantidade de animais a serem vacinados.

Podem vacinar animais acima de dois meses de idade. Para mais informações, a população pode entrar em contato, de segunda a sexta-feira das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas pelo telefone (63) 3212-7916.

O biólogo e coordenador do Setor de Controle de Animais Reservatório da UVCZ, Ademilton Guimarães, explica que quando uma quantidade de inscrições forem realizadas, a unidade entrará em contato com os tutores para informar a data em que os animais devem ser levados para a vacinação.

Raiva

Ele explica que a raiva é uma zoonose infectocontagiosa aguda e fatal, caracterizada principalmente por sinais nervosos de agressividade, dificuldade de deglutição, excesso de salivação e paralisia, sendo considerada uma zoonose de grande importância em saúde pública, mas que é prevenível através do uso de vacinas. “A vacinação é uma das principais ações de controle da raiva no mundo, sendo responsável pela redução do número de casos de raiva animal, e consequentemente, da raiva humana”, completa Guimarães.

 

Por: Redação Semus